domingo, 10 de junho de 2007

Males que vêem por mal

Já alguém pensou numa forma de se criar água apartir de um pedaço de bigorna? Eu não. Não é que interesse, mas como geralmente começo um texto de uma forma idiota achei por bem não manchar o currículo. Hoje vou falar sobre cactos. São boas plantas, perfeitamente inofensivas se não servirem de arma de arremesso. Por hoje já falei muito sobre isto. Adiante...ouvi dizer que o Luis Figo decidiu fazer mais uma época no Inter Milão. Afinal ainda está afim de ganhar mais cerca de oitocentos mil contos por ano. Parece-lhe bem. Segundo um amigo meu da Arábia Saudita, um tal de Zé Molotof Bomb, disse-me que ele rejeitou a proposta do Al- Hitad porque lá não havia feijão frade, que é algo incomportável para um português. Supostamente também não gostou lá muito de o estádio do Al- Hitad ser em si uma bomba gigante caso os americanos passassem por lá para comprar maçãs...

Não se devia pensar assim dos pobres iraquianos...Na verdade o Bin Laden quis fazer uma partida de carnaval ao Bush, só que como é muçulmano não percebe um caralho do que é o carnaval, logo pensou que o Bush mais tarde gostaria da surpresa... Lá na Arábia Saudita brinca-se nas ruas com Uzis e bazookas, logo ele apenas pensou que o Bush, já por si um dos maiores comediantes do mundo, acharia piada a tal coisa. O resultado foi divertido. O orçamento dos americanos para a defesa subiu em flecha ficando os contribuintes americanos cada vez pior e o Iraque virou um circo...um circo de porrada e desmembrados por todo o lado.

Falando sério isto já basta. O ser humano é a forma de vida mais evoluída que jamais existiu na Terra, mas também se pode dizer que é a mais destrutiva. A Terra não dura para sempre. O ser humano foi criado para acelerar o processo de destruição total. Esgotamos recursos. Destruímos tudo. Incita-se a violência. Mata-se por puro prazer. Destrói-se ecossistemas de animais, sendo nós próprios a causa das cada vez mais frequentes extinções. O próprio ambiente a acção humana conseguiu mudar. Se calhar a gente não devia de termos sido criados. O mundo estava mais saudável sem nós. A Terra deu-nos a oportunidade de viver, e agradecemos isso destruindo-a cada vez mais. A ela e a nós mesmos. O avanço tecnológico não foi propriamente bom. Bom só para nós. O planeta sofre.

O aumento da temperatura só se deve à acção humana. O porquê de haver cada vez mais dias quentes no Inverno e chuva no Verão ser mais frequente? É de resposta simples. Os cfc's dos electrodomésticos, gases libertados pelos automóveis etc vão para a atmosfera, criando assim a redução da camada de ozono, a responsável pela retenção dos raios solares mais poderosos. Há maior retenção de calor na Terra, o que provoca um nº maior de queimaduras solares, até mesmo os cancros de pele. O nº deste tipo de cancros aumenta cada vez mais. Fala-se por exemplo da falta de água. É outro exemplo dos nossos caprichos, do luxo que se cria e ostenta. Veja-se o caso das piscinas. Só com o progressivo aumento desse nosso conforto faz com que se gaste milhões de litros de água. Em prol do nosso comodismo cria-se problemas que mais tarde serão insolucionáveis. Há que mudar... para o bem de todos.

9 comentários:

peace_love disse...

Para quê mudar?..quando o mundo for um sitio realmente insuportável, já cá não estaremos..

Trivialidados disse...

Grande Bush, esse grande cabrão. Imagina se todos os paises do mundo fossem governados por vários Bushs. Era o caos. Os americanos são mesmo burros, e os seres humanos. Um abraço.

Diabólica disse...

Há sem dúvida q mudar, mas as pessoas não pensam nas gerações vindouras. O q pensam é q nessa altura já não estarão cá.

É mais uma vez o egoísmo humano a funcionar.

Excelente post.

Beijinhos

Alexandre disse...

O ser humano vai de destruição em destruição até à destruição final... o ecossitema está insustentável, isto não pode durar muito mais tempo assim, há pessoas a mais... a Terra deixou de fazer sentido para albergar um ser humano (com h pequeno, pois então) que não faz falta nenhuma! Abençoado o dia da extinção total... mas se possível só daqui a 100 anos!!!

Um abraço!!!

Andreia do Flautim disse...

Olá!

Foram pensamentos profundos! hehehe

Lusófona disse...

Então amigo, tudo bem por aqui?
Ainda bem que chegeui a tempo de ler esse post... Muito bom, mesmo

Beijinhos

Rafeiro Perfumado disse...

Eu continuo a pensar na forma de fazer água com uma bigorna...

White_Fox disse...

Concordo com o marcador: "deep toughts". LoL.
Hoje estás mt ecologista! Mas está bem fixe o post. Pelo menos mostra que estás sensível a este tipo de problema...
;)

Lyra disse...

Água a partir de um pedaço de bigorna... afinal começaste logo por uma possível forma de resolução de um problema ambiental... a escassez de recursos... não tou a ver bem como, mas pronto.
Forma de vida mais evoluída no planeta... depende do teu conceito de evolução. Confesso-te q tenho sérias dúvidas.
Bjos