quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Longas são as expectativas


É comum gerar expectativas acerca de um suposto aumento dos salários cá em Portugal. Acontece que as expectativas são longas, tão longas que o mais obvio é esperar eternamente, embora haja sempre aquela réstia de esperança que aconteça o dito aumento, ou por outras palavras, aqueles aumentos ocasionais em que garante-se mais um eurito na conta bancária, pelo qual o Estado vai recuperá-lo através de aumentos de impostos ou comissões de todos os feitios...O Estado é um orgão esperto, a tactica do 'tira daqui põe ali' aplica-se perfeitamente à conduta portuguesa. Infelizmente para muita gente isso não é suficiente, o que leva a ligeiras reclamações que culminam com um 'Sócrates faz-nos um favor e demite-te'... Sócrates igual ao da Antiguidade infelizmente pouco têem em comum...embora tenham certas semelhanças, como terem nariz, mãos ou pernas...

A incompetência política não se limita a isso. Portugal é um país em que a formação educativa é um desastre, depois queixamo-nos de assuntos pelos quais as pessoas que dominam a politica nada percebem... Toda a gente consegue perceber o estado do país em termos educativos, é todos os anos a mesma história. E mesmo em termos psicológicos cá pode-se dizer que somos muito pobrezinhos. Apesar de não contar para nada, é dificil perceber como se elegeu um ditador como o melhor português de sempre, há uns tempos naquele programa dos melhores portugueses...

A somar-se a isto também se encontra a mentalidade portuguesa. Deixamos a desejar neste aspecto. Somos pouco ligados a novas inovações, e temos pouca facilidade em adaptar às mesmas, muitas vezes pouco interessados sequer em aprendê-las. Portugal pouco evolui em alguns aspectos considerados cruciais. A mentalidade está ligada à nossa caracteristica de protestar contra todos os politicos incompetentes mas adoptar sérias soluções para os problemas não se vêem. Da nossa parte, pouco cultos em determinados aspectos ee mais com a habilidade de criticar severamente quando somos igualmente severamente prejudicados, dá indicios de que somos um povo pouco prático, criticamos, muito até, mas soluções práticas para resolver problemas não existem na nossa mente.

Há que existir um equilíbrio de contas, e a verdade é que o Estado tudo faz para garantir o nosso bem estar, mas por vezes há que apertar o cinto um pouco mais para equilibrio e estabilidade à economia. É certo que somos prejudicados, mas temos de pensar que o Estado nunca pensa em fazer mal ou deixar gente na miséria, pretendem sim uma estabilização. São assuntos polémicos e as opiniões divergem, mas há que dar um pouco de espaço, pois todos falhamos, e o país não é rentável o suficiente por si só para que não hajam problemas de espécie alguma...

8 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

Muito bem sim senhor !! Texto sólido !!

Este país melhorava muito se a parte educacional fosse revista. Desde a primária até ao 12º.

Melhor educação, melhor mentalidade.

toma lá Fresquinho disse...

gostei das duas ultimas linhas !

o nosso mal é que reclamamos pouco! e normalmente com as coisas menos importantes ! é fácil falar mal e não agir...é mais cómodo ! deixamos andar e empurramos com a barriga, na esperança que as coisas se resolvam sozinhas !
ou então refilamos e dizemos que faziamos e aconteciamos, mas se tocam no nosso bolso a coisa pia mais fino !
não mantemos um fio condutor nas nossas vidas e no modo como levamos a vida, não somos um povo coerente!
enquanto não nos mentalizarmos que todos os dias temos de dar o melhor de nós, que temos que deixar de viver da chico-espertice não vamos a lado nenhum!
bem que podemos viver na expectativa, que nunca vamos chegar a lado nenhum nem ver uma luz ao fundo do tunel!
também é verdade que temos tido poucos politicos capazes e com tomates para fazer o que tem de ser feito, porque a sede de se manterem no poder é maior do que a vontade de fazer alguma coisa pelo país!
triste sina a que traçámos para nós prórpios!

rui disse...

Olá Grão Vizir

Parabéns..., és um cidadão atento!
Gostei do teu sentir sobre o momento actual do nosso país.

Grande abraço

mymind disse...

...ELES n kerem gente bem instruida, pk gente bem instruida n permitiria tantos palhaços no comando! LOL
bjs

Andreia do Flautim disse...

Se calhar o pessoal gosta de criticar, mas às vezes à coisas que deixam uma pessoa a pensar com estas coisas do governo...

emanuel disse...

Pois é grão o pessoal anda a reclamar pouco, mas não cnfundam manifestações com algumas cenas que presenciamos na Tv, como motins, batalhas campais, e até escoltas policiais às claques do FCP(lol). Abraço Vizir e pessoal não se equeçam de visitar o blog em que ele colabora comigo, tem la posts maus, feios e estupidos.

White_Fox disse...

Vou-te eleger para Primeiro-Ministro! lol

Agora a sério: o que eu me ri com a imagem (houve aqui contradição quanto ao sério e eu estar a rir-me, mas percebe-se, lol). A melhor foi a do alzheimer e a da dita-dura.

Quanto ao post, concordo bastante com o que dizes. Mas tb não posso falar mt mal do sócrates pk ele ainda me fecha o blog (looooooool). Mas para quem tirou um curso mt mal tirado até teve sorte...
Outra coisa que falas e que me preocupou mt foi a eleição do salazar como o grande português! Mas o pessoal anda todo maluco? Desde quando é que o homem merecia ganhar? Para mim nem nomeado deveria ter sido... Nasci depois do 25 de Abril, mas tenho a perfeita consciência do estúpido que o homem era! Mas ele tb só deve ter ganho pk há mt pessoal k vota a gozar...

Epá, mas o post está mt fixe!

White_Fox disse...

Ah, e mais! Quanto à parte educacional, há que haver reformas no Ministério! Começando pela expulsão da Ministra! Depois quem faz os exames, deve ter a noção do que se passa nas escolas e dos programas curriculares existentes...