domingo, 11 de novembro de 2007

Ligeiro apogeu das calinadas produzidas


Em apenas um momento a vida de uma pessoa pode mudar completamente. Era isso que eu pensei quando sonhei que ia comer feijoada no dia seguinte. A ilusão custou acordar maldisposto. Por sorte os pombos não têem o habito de fazer o seu servicinho para dentro das casas em cima das camas...é que não dá muito jeito isso suceder...

Ultimamente tenho andado mais de taxi. Se por um lado não tem piada não ter carro para gastar a mesada em gasolina, já terá sua certa piada andar a 180 km/h na Avenida de Ceuta, ao bom som da rádio clube português, que passa os mesmos exitos sempre a cada dez minutos. São tempos rentáveis que se vive lá dentro. O mesmo se diz da conversa. Têem o seu quê de cómicas, vão desde falar mal de clubes de futebol, a dizer duas asneiras em cada duas palavras, especificando aquilo que não merece ser especificado, é tempo produtivo o que se passa lá dentro. Hoje lá fui eu para Benfica para jogar futebol, para demonstrar o meu futebol, que se pode dizer que consiste em distribuir porrada e mandar bolas para as couves mais próximas, embora não entenda porque raio elas não agradecem...Mas enfim, digamos que sou o lendário patas de chumbo...

Partindo da teoria de que 'se algo pode correr mal correrá mal', e do seu corolário que diz que 'se algo não correr mal, uma outra porcaria qualquer correrá mal', pode-se concluir que se aumentarem os salários cá em Portugal, irão também aumentar os impostos. Isto da atitude do 'toma lá dá cá' do governo é manhosa, é tudo uma cambada de espertalhões. Quando se fala no Sócrates, vem à cabeça um outro teorema que diz que 'se escavar um buraco, não escave mais'. Por isto creio que se depreende o que eu quero dizer...

A bem dizer qualquer um que vá para a presidência do que quer que seja, fará porcaria pela certa. Pressupondo pelos problemas que existe a nível de ensino, como querem formar gente qualificada?...Milagres supostamente só na Igreja, embora nesse caso se tenha de esperar até morrer e nada irá acontecer, porque é tudo uma tanga daquelas... Voltando ao assunto, pessoalmente eu não saberia o que fazer para mudar, apesar de por vezes ser apontado por amigos meus como futuro ministro da economia pelo palavreado idiota que proporciono, a verdade é que só gente culta é que realmente poderia mudar a situação. E eu não me considero um grande pensador ou cultivador de chachadas que toda a gente acredita, eu considero-me sim um grande idiota!

5 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

Ja experimentaste recitar um dos teus poemas a um taxista???

Deve ter um efeito giro...lol

Andreia do Flautim disse...

lol, gosto dos teus textos!

White_Fox disse...

Lá está! Uma forma diferente de falar de coisas bem sérias.
Olha um estudante que passa todos os anos, sem ir às aulas, e só com aprovação no exame. Hein?
De certeza que vai para primeiro-ministro!
:P

Lu.a disse...

Ai os taxistas, esses exemplos da cultura portuguesa...

Isabel-F. disse...

já tinha saudades de te ler...

como sempre: 5 estrelas o teu texto.

beijinhos