sábado, 22 de dezembro de 2007

Religião

Assunto ligeiramente irónico não é verdade? Possível, controverso é a melhor palavra para defini-la. Mas não entendo porque elas existem. Será assim tão bom e fiável existirem? Só deram porrada entre as pessoas caramba! Vamos por partes. Começo pela religião católica. Que trouxe de bom isso? Na minha óptica, ou seja, na opinião que ninguém quer saber, digo sinceramente que acho um absurdo tudo o que é relacionado com isto. Veja-se as cruzadas, o espalhar da fé cristã...Um bom espalhar de fé diga-se de passagem, chacinou-se pessoal como se fosse um desporto. É aquela velha questão de 'queres fé? Toma lá a fé, levas porrada que te lixas'... O exemplo do que aqui digo é bem patente quando, no tempo dos Descobrimentos, os espanhoís foram à conquista da América. Converter aztecas e incas para quê? É tudo povo para ir à vida, matar é divertido, venham todos!.... Já as jihad's é o mesmo assunto, matança em massa é o que se pede no espalhar da suposta fé...ridículo.

Quem pensa na Igreja católica também tem o exemplo dos clérigos apenas terem explorar o povo com taxas e sobretaxas ao longo de tantos séculos, ou por outras palavras, apenas usaram as pessoas para defender os seus próprios interesses, que passavam por enriquecer e viver à grande, e marimbarem-se muito pura e simplesmente para o bem comum! Porque surgiram as religiões protestantes? Não é difícil perceber porquê...

O que acho mais cómico é a existência do chamado deus. O homem descende dos símios, macacos para os amigos. Se querem chamar deus chamem deus à Terra, que criou todos os seres vivos de maneira que ninguém até hoje consegue perceber... Não acredito em transcendências, a vida, os azares ou alegrias acontecem por acontecer, nada controla a nossa vida, cada um pensa por si e cada um sabe de si... O deus é algo que foi criado na cabeça do homem para ter um conforto em situações difíceis, mas toda a gente sabe e é suficientemente esperta para perceber que basta pensar um bocadinho para entender que qualquer religião é uma farsa criada para situações de desespero, e para exploração alheia claro...

A religião está directamente ligada à ausência de paz que existe no mundo, principalmente entre ocidente e medio oriente. Questões éticas e morais divergentes estão implicadas, não é só a questão do petróleo... No meu ver sem religião éramos bem mais felizes, mas o Homem é um ser naturalmente insatisfeito e precisa de umas guerras idiotas para se sentir vivo, portanto não há nada a fazer... As mentalidades são vastas, diferenciadas, e peço desculpa se ofendi alguém mais religioso ou que dê mais importância ao assunto, mas este é o meu ver sobre isto.

Por último...embora não tenha religião nem acredite em nada de sobrenatural, parece que é costume no nosso país celebrar o natal, aliás se existe 97% de população católica por aqui, então quer dizer qualquer coisa, e os hábitos vão ficando portanto...Bom natal e bom ano novo para todos vocês, até um dia...


2 comentários:

Andreia do Flautim disse...

Olha, passei para te desejar um Feliz Natal!

White_Fox disse...

Concordo com grande parte das coisas que dizes! Em especial com aquela ideia "O deus é algo que foi criado na cabeça do homem para ter um conforto em situações difíceis, mas toda a gente sabe e é suficientemente esperta para perceber que basta pensar um bocadinho para entender que qualquer religião é uma farsa criada para situações de desespero, e para exploração alheia claro...".
E todos sabemos que a Igreja católica está cada vez pior! Não sou baptizado e, sinceramente, não faço intensões disso!
Enfim, só quero ver a porrada k vai dar akela cruz que querem construir na Nazaré (lá no Médio Oriente). Uma cruz assim do tamanho da torre eiffel...
abraço