sábado, 3 de maio de 2008

Quatro parágrafos

Hoje vou começar por falar daquele tipo de assuntos que a primeira coisa que vem à cabeça dizer é 'fujam'. Pois é, faz precisamente um ano que o caso Maddie veio à baila. Por agora mais de metade das pessoas que estariam a ler este texto já não o estarão a fazer certamente... Mas é assim, um ano passa rápido, e pelo que me deu para perceber a miúda não irá aparecer...

Amanhã é o dia da mãe. O chato disto é nos tempos que correm ter de haver um dia do ano para o que quer que seja. É dia da mãe, do pai, da criança, do automóvel, do ambiente, e qualquer dia criar-se-à o dia do pneu furado, já que há de ser uma atribuição em que será relativamente cómico saber o porquê da mesma existir...

O FC Porto foi campeão. Não gostei, engolir isso é difícil...

Há dias a famelga foi para o Algarve, eu fiquei por Lisboa. Sucede que lavar pratos dá trabalho, não é nada que dê particular prazer, portanto, a modos que viver com quatro pessoas em casa dá para supor que uma pessoa lavar os mesmos é alguém que tem de ter um poder mental consideravelmente superior para se abster psicologicamente da trabalheira que passa para o fazer...quero com isto dizer que se de lavar pratos apenas de uma pessoa é chato, o corolário disto a quatro pessoas é.............

3 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

E vais ver que ainda vão criar o dia "dos dias de alguma coisa" :P

Quanto ao caso Maddie, eu já tinha percebido desde o 3º dia que a miuda nunca iria aparecer, mas pronto !!!

Diabólica disse...

Em primeiro lugar, quanto ao caso Maddie, devo confessar que inicialmente tive pena desta família e acreditei na sua inocência.

No entanto, agora acho que o horror de que alguns falaram será a verdade, e agora passou a ser uma questão política, pq esses pais já contam com o apoio do primeiro ministro do seu país...

Que dizer se não que é uma vergonha??

Quanto a um dia, proponho o "dia da queca"! LOL

beijinhos

Andreia do Flautim disse...

Também não custa assim tanto!