quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Quero um sugu sai um texugo

Que dias magnificos que se fazem sentir nestes últimos dias. Um gajo põe a pata fora de casa e leva com baldes de água pelo focinho acima. Depois desta boa abordagem por parte do tempo que se faz sentir, lá vai um gajo de novo a caminho da faculdade, para mais um benéfico dia a encher chouriços... Sinceramente, não sei o que ando a fazer em economia. Taxas de câmbio, taxas reais, contas que só acabam 6 horas depois do ínicio das aulas (ínicio ao fim que é para um gajo estar já bem anestesiado e a espumar da boca), apanhar um grizo de todo o tamanho, para apanhar depois com a bela da chuva.

Se soubesse o que sei hoje, e nem é correcto dizer isto, pois eu não aprendo grande coisa(ou pelo menos não escorre muita coisa cá para dentro), mas se percebesse alguma coisa do que seria o curso daqui para a frente, teria escolhido algo relativo com Letras. Não digo que seguisse jornalismo, pois não gosto de estar com um cornetto de metal na mão no caso das entrevistas, nem de estar de viagens de terrinha em terrinha, mas algo relativo à escrita em si. Um cronista, por exemplo. O cronista, como toda a gente sabe, é aquele que cronologicamente escreve postas de pescada a mandar vir com alguma porcaria que se passe no país, e lá vai cascando feliz da vida, todas as semanas, para um determinado jornal ou distribui como oferta na compra de um bollicao... Ou mesmo escrever uma fábula sobre o 'Prego e a macaca marta', ainda que um prego não seja propriamente um animal, mas sim um estupido que não protesta quando lhe dão porrada na carola...

Não passam de ideias. Ursices. Porque como um amigo meu que é filósofo em dias que está bebâdo certo dia me disse: 'És um estupido', e não tenho mais que fazer do que acreditar, porque eu acredito em quem não se tem razão para acreditar e regra geral não me dou mal, só o Socrates é que me lixa o esquema... Mas também, mal por mal, qualquer político cá dá-se mal. Ando cá por estas bandas há vinte anos e não me lembro de ver quem dissesse 'Aquele é que sim, aquele oferece bifanas para a gente!'

É mais ou menos aquilo, mas em outros trâmites claro está. Hoje aprendi que autocarro em crioulo diz-se, supostamente, 'machibongo'. Estou maravilhado com as coisas que se vai aprendendo ao longo da vida...

Hoje, por fim, foi mais uma relíquia daquelas que se fosse feita num papel provavelmente já estaria no caixote do lixo.

9 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Em primeiro lugar, gostava de saber que raio de chuva andas a apanhar que a água vai por ti acima... em segundo, deixo-te um testemunho de quem já levou com essa estopada de taxas de juro e de câmbio e o raio que as parta: aproveita a faculdade para desenvolver outras competências, porque a matéria que lá se aprende para pouco ou nada serve. Abraço!

escarlate.due disse...

não fosse o facto de saber que estou enganada e diria que isto foi escrito pelo cromo que me atasanou o juizo a manhã inteira!
lol
oh rapaz, já ganhei a noite de tanto rir, obrigada

Pedro Barata disse...

Gostei do texto, Grão. Aproveito para dizer que votei no esuilo manco na tua sondagem! Eheheheh

Abraço

Andreia do Flautim disse...

E com neve na serra desta vez, aqui para os meus lados...

Grão Vizir disse...

Rafeiro, é simples: Sucede que quando a chuva é miudinha, ou por assim dizer, quando parece que nao molha mas molha e sao gotas pequenas, tem tendencia a vir até nós de todos os lados, e nem o guarda chuva nos safa lol...

DANTE disse...

Querem lá ver que essa chuva já não se chama molha parvos... ahahahahahahahahah

Um abraço pah e siga prá frente que para trás é capaz de doer kker coisa ;P

Lu.a disse...

Economia??! Aarrrggghh...! :/ Eu demoraria 25 anos a tirar um curso de economia, só a palavra provoca-me mais bocejos do que um xanax...!

Hhhuuummm...já equacionaste a sério mudar de curso? ;)

Alien David Sousa disse...

G.
Sabes uma coisa, vejo-te mais a desbobinar bacoradas para um qualquer jornal do que agarrado a uma calculadora. Não sei porquê? É um felling. Mas olha, tira lá o curso e depois tenta fazer uma coisa tipo o nosso PM, tirar um curso de jornalismo em 3 meses. Quem sabe se ainda serás um cronista irritante mas que venha a ganhar BEM!! ;)

Beijinhos

Jedi Master Atomic disse...

Estás bem a tempo de mudar de curso. Não tenhas medo de "desiludir" a tua familia e preocupa-te contigo mesmo.

PS: Fogo, hoje estou com a pica toda....lol