sexta-feira, 3 de abril de 2009

Porque e tal

Nos dias que correm começa a falar-se de esperança a nível económico, muito por culpa de uma pessoa com real credibilidade como é exemplo de Obama. Em poucas palavras, parece que este ano lá vão começar a plantar mais amendoins para um gajo se puder alimentar com a bela da cerveja...

Isso em outros trâmites, mas a coisa ao que parece tem pernas para andar. Pelo menos lá nos EUA... Cá em Portugal, por muito bom que estejam os outros países, é sempre a mesma miséria. Talvez apareça por aqui um novo Obama daqui a uns tempos. Um que não faça um sorriso irónico a cada vez que lhe perguntam se o país está a entrar em bancarrota. A ver vamos...

Mas cá o elenco humoristico da politica nacional tem realmente piada. Não há um unico partido verdadeiramente unido. Pode ser cá, ou no estrangeiro, não sei. Mas aquilo que uma pessoa vulgar consegue perceber é que nos partidos anda tudo à caça do morcego. É um pouco como as galinhas atrás do milho, é porrada em cima de tudo e todas a querer um objectivo que, se no caso das galinhas é comum, no caso dos elementos dos partidos não o acontece.

Dizem, e com porventura razão, que a causa do infortunio do país é da educação. Mas formar palermas formam em todos os países, é uma questão de haver pessoas com mais picardia para determinada situação. Há pessoal cá em Portugal que enriqueceu à conta de pequenos negócios que evoluíram e agora são pessoas do mais rico que há. Um exemplo é o tipo dos pneus do benfica.

Outro exemplo é a malta que fundou a Microsoft. Quem investiria numa empresa daquelas? Caso não saibam aquilo era tudo uma cambada de cabeludos barbudos que pareciam não saber para que serve um tesoura, pois esta não serve só para cortar papel!.... O que sucedeu depois é que todos eles enriqueceram e agora são multi-milionários, mas de ínicio porventura não teriam lá grande fortuna, a sua fortuna seria mais para comprar uma cerveja e duas carcaças para irem vivendo à grande...

E isto tudo para dizer, essencialmente, coiso...

4 comentários:

Inês Brito disse...

Coiso é, sem sombra de dúvida, o melhor palavra par se acabar um post tão profundo!

Bj,
(i)

escarlate.due disse...

"anda tudo à caça de um morcego"
olha que novidade nos estás a dar

isso tudo para dizer coiso é coisa de politico!!!!!
:P

Alien David Sousa disse...

Olha, não sei o que te diga...que tal: li, passei por aqui e retive as tuas palavras e coiso! ;)

Bjs alienígenas

Anne disse...

Concordo.
O problema nem é tanto a estupidificação das criancinhas com os portateizinhos nem com os examezinhos.. Há uma incontornável propensão para o disparate nas almas lusas que para aí andam..