domingo, 26 de julho de 2009

Jesus, S. Bento e um Papa

Geralmente não costumo tocar em assuntos relacionados com futebol, seja por isto ou aquilo, ou por aquele outro e tal. Mas hoje decidi abrir uma excepção para falar do que se vem passando na actualidade desportiva.

Primeiro não posso deixar de mandar uma palavra de apreço ao novo presidente sportinguista. É um bom produtor de lixo vocal, como se pode ver quando adoptou o discurso dos totós há duas semanas. Por outras palavras, é mais um palonço do futebol português, tal como muitos outros, onde nenhum dos três grandes se safa neste segmento...

Em relação ao futebol em si do sporting, podemos dizer que a aposta na mesma equipa da época passada é uma aposta ganha, por outras palavras, mais um ano em que o objectivo principal deles, o 2ºlugar é pretendido... Mas nem tudo vai mal por aquelas bandas. Agora chegou mais um jovem jogador de vinte anos com potencial para um B.I de cinquenta e dois, portanto pode ser que a coisa ainda fique com pernas para andar, não nos podemos esquecer que contrataram o gémeo siamês do entregador de pizzas romagnoli, esse grande medio ofensivo que desaparecia durante quarenta e cinco minutos em cada parte de cada jogo (o bom é que o matias parece ser exactamente o substituto nesse papel)...

No benfica a coisa anda mal à anos a fio, como se sabe. Todos os anos é promessa de revolução, todos os anos é um martirio até à desejada evolução... Lá se contratou um bom treinador português, com grande cultura de etiqueta tal é o nível de formação do pessoal proveniente da Amadora (mas ao menos aquele cabelo leva ali muito Sunsilk ou Pantene para estar tão bem arranjadinho). No meio disto tudo, lá foi mais um ano em que se encontrou petróleo saído directamente das pipas do Vilarinho, no seu escritório, e apartir daí pôs-se em busca dos jogadores encantados... No benfica até zelam pela felicidade dos seus jogadores e trouxeram El Conejo 'Saviola' para voltar a fazer dupla com o El Mago Aimar (o tal que tem o cabelo do Mel Gibson nos tempos do Arma mortifera 1 e 2)....

No caso do porto é sempre a mesma 'porcaria'. Vendem muito, pipa de massa no bolso, vão contratar uma cambada de desconhecidos e montam uma equipa muito competitiva. Até demais. No meio disto tudo contrataram o Varela, aquele jogador extremamente negligenciado pelo Sportem. Nunca fez sequer uma pré epoca, e vai ser mais um que é vendido a um preço que dá pela certa para comprar pelo menos um par de carcaças e uma grade de minis!

Sem comentários: