sábado, 13 de março de 2010

Espectacular!

Supostamente quando falamos de algo espectacular queremos dizer que algo ou aquilo que pretendemos relatar é algo que de facto é muito bom, ou seja, possui aquela magia contagiante que nos seduz. Mas tenham lá calma, que eu para criticar tenho doutoramentos!...

Desde há algum tempo que estava para escrever sobre este assunto, ou pelo menos mandar a minha calinada ou ver sobre esta maravilha televisiva que passou na rtp1 durante algum tempo por volta da hora em que do quarto dos pais se ouve um ressonar capaz de acordar preguiças...

Sim, falo da série 'True blood'. Ou traduzido para português e remixando a coisa, 'Vampiros Parolos'. Trata-se de facto de uma série de culto (de dar uso ao culto de deixar a televisão desligada enfim...). É daquele tipo de séries que de tão má que é consegue ter realmente piada. E não sei se aquilo é suposto ou não ser uma comédia ou não, mas transparece essa parte...

A começar pelo nome das personagens principais. Então não é que o vampiro protagonista na série se chama 'Bill'? Onde raio se viu um filme ou série de vampiros em que havia um vampiro qualquer com nome de taberneiro?! E tem mais: todas as personagens têem sotaque do Texas, e é aí que entra a parte da parolice, uma vez que todos parecem ser daquele género de terrinhas ou aldeólas espalhadas no meio do nada.

Lembram-se dos filmes do John Wayne de cowboys? Não? Nem eu, não vi e dispenso. Mas sucede que todo o falatório daquela gente é desse tipo.

Por último, tal e qual como um tipo qualquer vai a um bar pedir uma jola, ali um vampiro que vá a um bar tem sempre garrafinhas de todos os tipos de sangue. Por agora creio que acabou a primeira série na rtp1, mas muita gargalhada dei eu a ver aquela trapalhada!

Sem comentários: