segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Novas temporadas de palermices

Estão de volta alguns programas nos designados canais abertos. Peso pesado e o Secret Story lá voltaram para mais uma rodada. Posto isto, há que dizer uma coisa em relação ao Peso Pesado, é muito estranho ver gente com o triplo do meu peso. Até passam uns quantos quilos do triplo, em alguns casos...

O conceito do programa em si até é porreiro, no fim das contas há pessoas que não sabem como perder peso, e quando a auto-estima faz com que uma pessoa não consiga pensar de forma minimamente razoável (comer para esquecer, neste caso), então é preciso mesmo especialistas na arte de bem torrar gordura para se obter resultados.

Mas o que realmente queria chamar à atenção era para o Secret Story. Aquele programa é o supra-sumo da estupidez! A táctica dos produtores daquilo até se pode dizer que é infalível, dentro duma cambada de gente que tenta entrar para o programa, são escolhidos os matarruanos! Do pouco que vi daquilo, ri-me. Confesso que odeio pronúncia do norte, principalmente aquela da zona do Porto, e tanto é, que é costume fazer esse tipo de pronúncia por vezes quando falo para soar ridículo e mais para mais porque assim transparece um bocado a minha estupidez também, que diga-se de passagem, é sempre importante, e neste programa cerca de 95% das pessoas é do norte do país, o que ainda fica mais engraçado de ver aquela miséria intelectual que para ali anda... É que muito mais importante do que ser quase tudo pessoal nortenho, é que se nota realmente que aquela gente é escolhida a dedo: é raro ver alguém parecer inteligente naquela casa, e nada fazem para que isso se deixe de notar...

3 comentários:

CG disse...

Ainda não vi a nova série do Peso Pesado, mas vi alguns episódios da série passada e até gostei, devido à sua vertente um pouco educacional, principalmente no que diz respeito à confecção de pratos saudáveis.
Quanto ao Secret Story, nunca vi nenhum e nem preciso. Basta passar os olhos uns segundos pelo programa para perceber que aquilo não interessa ninguém. Fico parva ao pensar como é que um programa destes consegue ter audiência...

Big Kisses

Alien David Sousa disse...

Por vezes algo que é tão mau, mas mesmo tão mau torna-se bom. Dá para aprendermos algo, nem que seja como as pessoas não prestam e se revelam perante determinadas situações. :/

Kisses

AF disse...

Eu estou a viver no Porto mas não sou de cá, vim de Lisboa há meia dúzia de anos e partilho da mesma opinião em relação à pronúncia. Quanto à casa dos segredos, põe supra-sumo nisso...