segunda-feira, 7 de maio de 2012

Benéficos 50%

Há cerca de uma semana ocorreu um evento de beneficência no Pingo Doce. Sim, beneficência e porrada. Soa a paradoxo, mas quando se trata de pessoas civilizadas, estes eventos têm tudo para deixar as pessoas decidirem bem e tudo acabar bem. Bem...bem sovadas...

Aquilo pareciam galinhas atrás do milho. Pessoas à espera durante três, quatro horas para pagar, o que é na maioria dos casos razão suficiente para, em vez de se matar moscas enquanto se espera, se crie e acima de tudo se diversifique o leque de opções de lazer e se estabeleça uma relação afectiva com a cara e tornozelos de outra pessoa.

Quando esta ideia passa pelos seres humanos como passam as ideias duma abelha relativamente à colmeia onde habita, as ideias geniais começam a passar a chamar-se de actos geniais e, em curtos espaços fechados, se podem desenvolver batalhas campais com o objectivo final de ver quem tira mais douradinhos da pescanova das prateleiras do dito supermercado...

Fala-se por aí que o Pingo doce praticou dumping. Eu digo que eles proporcionaram foi um dia de camping! Aquilo até dava perfeitamente para ter feito lá dentro um piquenique enquanto se esperava para ser atendido...

1 comentário:

Alien David Sousa disse...

LOL Ai ai johny. Sabes eu adorei o texto mas vendo agora a coisa por outro lado; já viste bem ao ponto que chegámos? E não me parece que vá mudar tão cedo , por isto, consigo entender o desespero dos humanos portugueses.
Kisses