terça-feira, 19 de junho de 2012

País das embrulhadas

O país tem-se enfrascado de polémicas nos últimos tempos. Temos os casos menos originais e particularmente comuns, exemplo disso é sempre a política, futebol, ou mesmo a separação do Djaló e da Luciana, que há-de ter batido recordes de tiragens das revistas Maria ou tvguia, esses grandes obras de culto para pessoas que têm por hábito estar 3/4 do dia a falar sobre assuntos mais importantes do que o futuro do país, ou pelo menos, isso na óptica das mesmas...

As eleições na Grécia estão para muito breve. Nunca um país tão insignificante teve tanta importância no mundo. Vê-los a reclamar sobre as  reduções de valor nas respectivas pensões deu azo a que uma pessoa normal cá confortavelmente dirigisse a cabeça deles contra a parede mais próxima... Ver um par de senhores a reclamar que a sua pensão de 1800 euros iria decrescer cerca de 400 euros não é normal. Isto é daquele tipo de situação que se capricha na resposta depois desta gente dizer estes disparates, algo do género: ''Depois disso, ou estás calado ou...estás calado!'

Habituaram-lhes mal lá, países sem condições para suportar certos salários mínimos e um Estado que se empenha em distribuir subsídios para toda e qualquer porcaria cheira a políticas do nosso grande amigo Socretino. Pois é, depois lixam-se, tal como sucede actualmente por cá.

PS: à data do post já decorreram as eleições da Grécia, que pelo que deu para ver, ao menos não ganhou o partido Syriza, embora por agora não sei saiba grande coisa como é daqui para a frente, vamos lá ver...

1 comentário:

Pensador disse...

Eu gostaria de ver o Kasidiaris no poder....

cheers!

http://bomba-pensador.blogspot.pt/2012/06/slap-like-boss-2.html