segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Erros televisivos sem influência do álcool

É uma valente tristeza que hoje em dia as preocupações das estações televisivas sejam o lucro independentemente da qualidade dos programas em questão...

É ainda pior saber que quando aparece um programa mau, por norma a tentativa da parte de outro canal de bater esse programa é criando ou adoptando um que é igualmente péssimo. E depois não há originalidade nenhuma. Há uma quebra nesse capítulo a diversos níveis: são quase sempre versões portuguesas de lixo estrangeiro...

Por esta altura estamos com programas musicais, reality-shows, e a pior pessoa que podiam ter posto a apresentar o único que tem qualidade, que se chama 'Quem quer ser milionário'...

 E isto tudo em horário nobre! Porque no horário de merda (manhãs e tardes) conseguem bater a fasquia da palavrinha de calão que usei nesta mesma frase. Por outras palavras, o horário nobre é suposto ser nobre e não ser pobre. Aquilo de nobreza não tem nada, e mesmo chamar de pobreza é ser muito simpático...

Canais de televisão porreiros existem. Quase toda a gente tem pacotes de canais de televisão, e mesmo assim os melhores canais de todos tem de se pagar à parte....


1 comentário:

Alien David Sousa disse...

Olá Johny! Sou eu siM!

Tens toda a razão, os humanos estão viciados na porcaria porque é só o que lhes dão e, aqueles que procuram algo mais vão ver a FOX, FOX LIFE, AXN entre outros. O Porquê, é sempre o mesmo: audiências, porque as audiências transform-se em dinheiro, que no fundo é o que as estações querem. Elas não estão interessadas em oferecer qualidade porque esta não traz dinheiro, elas querem apresentar merda para receber devolta dinheiro...isto é um ciclo. E muito sinceramente não sei como e se existirá alguém com coragem para o quebrar.

Kisses Johmy