sábado, 16 de novembro de 2013

Frescura fresquinha

É curioso como o frio por vezes parece que faz partir os dentes. Eu diria que a posição dos maxilares não devia ser tal e qual como é. Isto de bater dente contra dente não dá muito jeito em dias que passa esta brisa maravilhosa...

O próprio nariz também sofre. Fungar a todo o segundo não é propriamente a mesma sensação de comer o belo do pastel de nata em dias de sol...

Estamos sempre a sofrer represálias se o tempo decide ouvir as nossas preces para não chover. Em compensação, vem sempre aquele ar 'quente' que parece que congela tudo à frente...7-8 graus é demais!...

O que vale é que se chega a casa e há nestum para aquecer. Feijoada também é medicamento do bom!...

3 comentários:

Diana disse...

O meu nariz e as minhas mãos sentem logo, pfff!

agatxigibaba disse...

Não sou nada compatível com o frio. Não ha paciência.

Joaninha Musical disse...

Em termos de frio,o meu nariz e mãos andam sempre frios no inverno. Eu gosto muito é do verão. Adoro temperaturas quentes. Beijinhos,eu te desejo um excelente fim-de-semana!!