terça-feira, 12 de novembro de 2013

Tintol maduro

- Juro que eu vi o presidente Chavez há dias.
- Quem mais jura, mais mente.
- Está a chamar-me de mentiroso?!
- Quem cala, consente.
- Mas eu não me calei...
- É sempre importante saber estar calado...
- Então vou calar-me.
- ...então é mentiroso.
- Será executado amanhã depois da hora do nestum...10h parece-lhe bem?
- Bolas, então e os programas da manhã que são tão bonitos?...
- Seja, marco-lhe a sessão para as 14h...
- ...então e os programas da tarde, que são tão comoventes para nem sei quem...
- O melhor que lhe posso fazer é marcar na agenda um dia que não passe nada de interessante na tv...
- Calma señor, conte lá então isso do presidente Chavez, não se aborreça com quem o aborrece...
- Bom, está bem. Tudo começou ao almoço quando três garrafas de tinto ficaram vazias.....



4 comentários:

Diana disse...

É um belo diálogo e realmente nota-se que foi bem regado!

Tétisq disse...

eu acho que o vi na torrada que comi ao pequeno-almoço. Mas, como podia estar enganada e em vez dele ser Jesus que me aparecia, não disse nada a ninguém e comi-o!

Teresa Isabel Silva disse...

Puxa!Bem regado é pouco eheheh


bjxxx

Alien David Sousa disse...

Que diálogo aparvalhado LOL